Operadora “Oi” é Contra Lei das Metas de Qualidade

Operadora “Oi” é Contra Lei das Metas de Qualidade
5 (100%) 1 vote

Depois da luta de vários brasileiros que enviaram cerca de 80 mil mensagens para o Conselho Diretor da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) com o objetivo de melhorar as condições da banda larga fixa e móvel em outubro de 2011, o sonho desses milhares de consumidores de ter uma internet de qualidade parece que está com os dias contados.

Segundo as informações divulgadas em diversos veículos de comunicação, a operadora “Oi” mandou um pedido para a Anatel anular vários pontos das metas de qualidade.

De acordo com o UOL, a operadora quer que seja revisto 25 medidas do plano, como a garantia de entrega de pelo menos 20% da velocidade contratada, perda de pacotes e a exigência de que as mensagens de celular cheguem até sessenta segundos após o envio.

No mês de janeiro deste ano, a operado enviou uma nota pedindo a anulação de alguns pontos da meta.

Operadora "Oi" é Contra Lei das Metas de Qualidade

Operadora “Oi” é Contra Lei das Metas de Qualidade

Após se tornar público a posição da Oi em relação ao plano de meta de qualidade, apareceram várias manifestações na internet, principalmente nas redes sociais, contra a atitude da operadora.

“Seria patético a Anatel recuar e mudar de posição três meses depois. A Oi demonstra não ter apreço pela qualidade e os direitos do consumidor e merece ser criticada”, disse João Brant, do Intervozes.

O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (IDEC) criou uma campanha no site, que vai até o dia 1º de fevereiro, onde os internautas podem enviar uma mensagem para o presidente da Oi e da Anatel mostrando a sua insatisfação caso as primeiras metas de qualidades sejam barradas.

Para participar da campanha, entre nesta página: www.idec.org.br/mobilize-se/campanhas/oicontraqualidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *