TIM, Oi e Claro estão Proibidas de vender Chips

TIM, Oi e Claro estão Proibidas de vender Chips
5 (100%) 1 vote

Em anuncio realizado no inicio dessa semana, A Agencia nacional de telecmunicações a Anatel estipulou que as operadoras TIM, Oi e Claro estão Proibidas de vender Chips em alguns estados ao redor do Brasil.

A noticia foi retificada segundo coletiva neste terça feira (17) onde confirma o impedimento das empresas em vender até que plano de melhorias seja previsto. O numero de reclamações sobre serviços e condições de sinais em cada estado que gerou com que a Anatel tivesse esta medida para que as operadoras melhorem seus desempenhos.

Claro, Oi e TIM estão suspensas por trinta dias a partir da próxima segunda até apresentarem planos de melhorias de serviços para os estados com problemas.

Claro ficará suspensa em três estados a realizar suas vendas de novas linhas, já a Oi terá suas vendas suspensas em cinco estados, já a TIM é a que mais tem proibições sendo 19 estados proibidos de comercializar os produtos.

O Desempenho das operadoras nos estados foi determinante para esta decisão, e mesmo as três juntas terem aproximadamente 70% do mercado em telefonia celular, elas estão suspensas.

TIM, Oi e Claro estão Proibidas de vender Chips

TIM, Oi e Claro estão Proibidas de vender Chips

Com mais de 250 milhões de linhas espalhadas pelo Brasil, as três operadoras terão que entrar já em vigor dessa nova regra que começa a valer na próxima segunda-feira e vai correr por trinta dias corridos para que eles realizem melhoras apresentando um plano com esses aperfeiçoamentos nos serviços prestados ao consumidos para então ser aprovado pela Anatel e voltarem a vender suas linhas normalmente.

Para as operadoras…

Para a Claro, a Decisão da Anatel Está relacionada a problemas de pontos para os estados de São Paulo, Sergipe e Santa Catarina onde precisa haver melhorias. Ainda segundo a empresa, todas as medidas cabíveis para a apresentação de resultados será tomada o quanto antes até mesmo para que seja breve o retorno ativo de sua comercialização.

A TIM meio que se revoltou e achou a decisão da Anatel muito desproporcional, já que tem realizado melhorias para conseguir beneficiar seus clientes, mas reforçou que tomara todas as normas necessárias para voltar à ativa.

A Oi foi bem mais ao ponto e disse que essa suspensão não vai refletir no investimento de mais de R$ 5 bilhões que a empresa fez para a melhoria das redes.

A Maior dificuldade é encontrada nos Estados da Região Norte onde a rede de viação das linhas e precária. Agora é esperar para que as empresas se reformulem e possam voltar as suas atividades normais o quanto antes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *